Fique por dentro

Siga nosso Twitter

Acesse nosso canal

Junte-se a nós no Facebook

CI, MMA e Serviço Florestal lançam portal sobre REDD+

O site terá um cadastro detalhado de todos os projetos e ações implementados, além de informações sobre legislação, acordos internacionais e oportunidades que o mecanismo pode gerar no país

Brasília, Brasil, 22 de dezembro de 2010

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) e o Serviço Florestal Brasileiro, com a parceria da Conservação Internacional, vão lançar no dia 3 de janeiro o "Portal REDD+ Brasil". O site vai reunir todas as informações a respeito de projetos brasileiros e outras ações em REDD+ que estão acontecendo ao redor do mundo, um mecanismo para a redução de emissões de gases de efeito estufa oriundas do desmatamento e degradação florestal.
“Com a aprovação do mecanismo na última COP, em Cancun, o portal será uma grande oportunidade para sistematizar um cadastro detalhado de todas as iniciativas de REDD+ no país, além de contribuir para divulgar pela Internet conhecimentos, aprendizados e oportunidades gerados no Brasil para a redução de emissões oriundas do desmatamento”, afirmou Artur Paiva, coordenador de serviços ambientais da CI-Brasil, durante cerimônia de apresentação do portal ontem, em Brasília.


A cerimônia contou com a participação do diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro, Antônio Carlos Hummel, do presidente do Instituto Chico Mendes, Rômulo Mello, e da secretária de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do MMA, Samyra Crespo, além de vários representantes do governo e de instituições não-governamentais. "A disponibilização de informações no portal subsidiará as instituições relacionadas à gestão florestal na avaliação de suas políticas e na definição de suas ações em REDD+", afirmou Hummel.


Segundo Thais Juvenal, diretora de Mudanças Climáticas do Ministério do Meio Ambiente, a difusão da informação pelo portal aumentará o conhecimento sobre REDD+ entre os segmentos da sociedade envolvidos com o debate sobre o tema, o que contribuirá para a elaboração de propostas visando à regulação do REDD+. "O site ajudará a criar uma estratégia nacional para REDD+ e um marco regulatório no país”, concluiu.


Entenda o que é REDD
O conceito de REDD (sigla para Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação florestal) foi consolidado em 2007, durante a 13ª reunião de países da Convenção da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 13) realizada em Bali, Indonésia.
O mecanismo estipulava o papel fundamental na preservação das florestas no combate aos efeitos das mudanças climáticas globais. Hoje, usamos o termo REDD+ (ou REDD plus) para um conjunto de medidas que possa ser adotado por países em desenvolvimento não só para redução de desmatamento e degradação, mas também para fortalecer a conservação florestal, o manejo sustentável das florestas e até mesmo atividades de reflorestamento com espécies nativas.

Rua Tenente Renato César, 78 – Cidade Jardim – CEP 30380-110

Belo Horizonte – MG – Brasil – Tel.: [31] 3261.3889

©2003 Conservation International do Brasil / Aviso Legal / Política de Privacidade