Fique por dentro

Siga nosso Twitter

Acesse nosso canal

Junte-se a nós no Facebook

Lançada em São Paulo a Aliança pela conservação do Cerrado

São Paulo, 31 de outubro de 2007

Foi lançada hoje, no Clube Transatlântico em São Paulo, a Aliança BioCerrado, que objetiva atuar na conservação do Cerrado brasileiro via a adoção de boas práticas de uso sustentável dos recursos naturais do bioma. A iniciativa representa um esforço coletivo entre o setor privado e organizações não-governamentais para implantar um programa de atividades coordenadas para conservar a biodiversidade, garantir a manutenção e resgatar os serviços ambientais, além de promover padrões de sustentabilidade ambiental para os negócios no Cerrado. Lançada inicialmente pela Conservação Internacional (CI-Brasil), Bunge e Oréades, a Aliança BioCerrado tem como filosofia agregar o maior número possível de empresas, ONGs e comunidades locais que trabalhem pela conservação do bioma.

Por reunir representantes de setores com grande influência no Cerrado, a Aliança BioCerrado vai além de um simples fórum de discussão sobre o uso dos recursos naturais, voltando-se a projetos de campo que integram conservação a atividades produtivas.

Considerada a savana tropical mais rica do mundo, com até 12 mil espécies de plantas, o Cerrado é também a principal região agrícola do país, concentrando 35% da produção nacional. A extensa transformação do bioma para atividades produtivas, no entanto, fez com que poucas paisagens se mantivessem intocadas. Mais de 55% da área original do Cerrado já foi desmatada e somente 5,5% de seus remanescentes estão sob algum tipo de proteção. “Qualquer estratégia de conservação da biodiversidade e dos recursos naturais deve, necessariamente, envolver os proprietários rurais e empresas do setor privado que atuam na região, já que as áreas protegidas públicas não são suficientes para conservar os hábitats remanescentes”, destaca o diretor do Programa Cerrado-Pantanal da CI-Brasil, Ricardo Bomfim Machado.

Para Renato Moreira, da Oréades, a parceria da ONG com empresas do agronegócio credita as ações que buscam sustentabilidade perante os produtores rurais, os quais são fundamentais para manter em boa qualidade os recursos naturais do Cerrado.

Entre os objetivos da Aliança, pode-se destacar o planejamento da paisagem, considerando as diferentes formas de uso do solo e sua harmonização com a conservação da fauna e flora em áreas consideradas prioritárias para a manutenção da biodiversidade e conservação dos mananciais. A Aliança BioCerrado deverá promover também projetos voltados para o apoio à criação e à sustentabilidade de áreas protegidas públicas e privadas, incentivos e treinamentos para a implementação de melhores práticas de uso do solo e cumprimento da legislação ambiental em terras privadas.

Fontes para entrevistas

Ricardo B. Machado

Diretor do Programa Cerrado-Pantanal - Conservação Internacional
Mail: r.machado@conservacao.org
Tel: 61-3226-2491

Adalgiso Telles
Diretor de Comunicação Corporativa - Bunge
Mail: bunge.comunicacao@bunge.com
Tel: 11 3741-4848

Renato Moreira
Coordenador de Projeto da ONG Oréades
Mail: rmoreira@oreades.org.br
Tel: 64 3661-5825

Rua Tenente Renato César, 78 – Cidade Jardim – CEP 30380-110

Belo Horizonte – MG – Brasil – Tel.: [31] 3261.3889

©2003 Conservation International do Brasil / Aviso Legal / Política de Privacidade