Fique por dentro

Siga nosso Twitter

Acesse nosso canal

Junte-se a nós no Facebook

Livro aborda os esforços pela proteção do Muriqui

O evento de lançamento contará com uma mesa-redonda mediada pela jornalista Miriam Leitão

São Paulo, 11 de junho de 2007

O Muriqui, o maior macaco das Américas que está sob risco de extinção, é o tema da publicação “Faces na Floresta”, que será lançada amanhã (12/06) em São Paulo. Escrito pela antropóloga americana. Karen B. Strier*, uma das maiores estudiosas da espécie, o livro relata uma aventura de pessoas diferentes, reunidas por acaso, em torno da proteção do carismático Muriqui, espécie que ocorre exclusivamente na Mata Atlântica brasileira. O evento de lançamento contará com a participação da jornalista Míriam Leitão — autora do prefácio do livro —, quem mediará um bate-papo com a autora, o antropólogo Sérgio Abranches, o jornalista Marcos Sá Corrêa, Ramiro Abdalla Passos - Presidente da Preserve Muriqui - e Luiz Paulo Pinto – Diretor para a Mata Atlântica da Conservação Internacional (CI-Brasil).

O muriqui já ocupa o papel de “espécie bandeira” similar àquele representado pelo panda-gigante na China, o orangotango no sudeste da Ásia, os gorilas na África, entre outros. “Essas espécies podem ser usadas como indicadoras e símbolos de alerta para a necessidade de conservação regional. Atuam como ponto focal para programas de conscientização pública e de educação, permitindo um importante complemento para os esforços de conservação no país”, afirma Pinto, da CI-Brasil. 

Um dos maiores grupos remanescentes de muriqui conhecidos encontra-se em Santo Antônio do Manhuaçu, distrito do município de Caratinga, na região leste do Estado de Minas Gerais, a cerca de 390 km de Belo Horizonte, onde tudo aconteceu e vem acontecendo – onde entrelaçaram-se, pesquisa, preservação, educação ambiental e o resgate da memória cultural das comunidades do entorno.

Ícone local - A transformação histórica e cultural dessa região surgiu de maneira decisiva, no ano de 1944, quando Feliciano Miguel Abdalla — filho de um imigrante libanês com uma brasileira — adquiriu sua propriedade em local onde descendentes dos Orleans e Bragança possuíam terras. Como homem apaixonado pela mata, Feliciano jurou preservar parte da Fazenda Montes Claros, hoje transformada na Reserva Particular do Patrimônio Natural Feliciano Miguel Abdala (RPPN-FMA).

Difícil imaginar que ele estivesse consciente de que, naquele momento, estava começando a escrever um dos capítulos mais belos da cultura e da história das comunidades da região. A história da preservação do muriqui — que se confunde com a história do povoado - provocou transformações e construiu uma riqueza cultural genuína entre a população local. Hoje, a RPPN-FMA está se tornando um importante pólo eco-turístico de alcance nacional e internacional, proporcionando uma nova perspectiva de desenvolvimento para a região.

O livro apresenta os resultados das pesquisas iconográfica e antropológica — realizadas ao longo de mais de 20 anos — através de texto literário, fotos e desenhos abordando a realidade do macaco muriqui-do-norte na RPPN-FMA. Não se trata de uma tese, mas sim de um relato da pesquisadora Dra. Karen Strier, em linguagem acessível, repleto de  imagens produzidas na região por importantes fotógrafos de arte. Portanto, pode ser lido, entendido e apreciado também pelo público ‘não–cientista’.

‘Faces na Floresta’ é uma realização da Sociedade para a Preservação do Muriqui (Preserve Muriqui), com o patrocínio da Fosfértil através da Lei Rouanet. O livro não será vendido e terá parte da tiragem distribuída gratuitamente para escolas, universidades, bibliotecas publicas, ONG’s e círculos de leitura. Outras instituições interessadas podem entrar em contato com a Preserve Muriqui.

*Karen Barbara Strier tem bacharelado em Sociologia/Antropologia pela Swarthmore College (EUA) e Master e PhD em Antropologia pela Harvard University (EUA). É professora do Departamento de Antropologia da Universidade de Wisconsin-Madison (EUA), membro da Academia de Ciências Americana e pesquisadora/professora da Universidade Federal de Minas Gerais.

Serviço

Lançamento: terça-feira, dia 12 de junho de 2007.
Horário: 19:30hs
Local: ESCOLA SÃO PAULO (Rua Augusta, 2239 – São Paulo, SP - estacionamento pago na Rua Augusta, 2309).

Contatos:

Ramiro Abdalla, Presidente da Preserve Muriqui - (11) 32561669 / (11) 81636269 - ramiropassos@hotmail.com 

Eliane Weizmann, Assessora de imprensa - (11) 92282420 / (11) 36633381 - eweiz@uol.com.br 

Luiz Paulo Pinto, diretor do Programa Mata Atlântica da Conservação Internacional – (31) 3261-3889 – l.pinto@conservacao.org 

# Imagens disponíveis com a assessora de imprensa Eliane Weizmann pelo e-mail eweiz@uol.com.br #

Rua Tenente Renato César, 78 – Cidade Jardim – CEP 30380-110

Belo Horizonte – MG – Brasil – Tel.: [31] 3261.3889

©2003 Conservation International do Brasil / Aviso Legal / Política de Privacidade